Idaltunistas vs. Cromagnonistas

Segundo White et al., no seu artigo publicado em 2003 na Nature, “uma vez que os hominídeos de Herto estão morfologicamente no preciso ponto para lá da amplitude de variação observada em Homo sapiens anatómicamente modernos (AMHS), e uma vez que diferem de todos os outros fósseis de hominídeos conhecidos, designamo-los aqui como Homo sapiens idaltu, uma nova paleosubespécie de Homo sapiens“. Stringer, no entanto, num artigo na mesma revista em 2003 em que comenta esse estudo, sugere que os crânios possam não ser suficientemente distintos para garantir a utilização de uma nova designação de subespécie.

A descoberta gerou alguma polêmica entre os investigadores. Vários consideram H. s. idaltu como uma subespécie extinta do Homo sapiens e é por isso que é usada a denominação taxonômica trinomial. Outros, no entanto, consideram que é apenas um ancestral direto do moderno Homo sapiens sapiens (de acordo com a recente “hipótese da origem única”), que mantém ligeiros traços morfológicos arcaicos em relação a outros fósseis que são indiscutivelmente de Homo sapiens, tais como os de Cro-Magnon encontrados na Europa e em outras partes do mundo.


About superneandertal

Irmão mais velho do neandertal, mais novo do homo-sensibilis.
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s