Outros Achados Antecipam Nossa Evolução!

 Cientistas descobrem fósseis que sugerem que hominídeos usavam ferramentas de pedra 800 mil anos ANTES do imaginado.

                 O Australophitecus Afarensis viveu entre 3,9 e 3 milhões de anos atrás

Para quem não conhece, a Lucy é uma ossada encontrada na Etiópia em 1974 e que teria vivido, segundo testes feitos nos restos mortais, 3,2 milhões de anos atrás.

Lucy é uma Australophitecus Afarensis, e segundo os arqueólogos, os hominídeos daquela época não usavam pedras ou qualquer outro instrumento para facilitar a alimentação. Talvez, só para a caçada.

Os ossos encontrados com talhos datam de cerca de 3,39 milhões de anos atrás e sugerem que os animais foram desossados antes de ingeridos. Na Arqueologia a datação de determinados costumes relativos à evolução vive sofrendo mudanças, e é comum um achado arqueológico desmentir um achado anterior...

Aqui mesmo no continente americano nós temos achados contraditórios. Teorias sinalizam que o Homo Sapiens chegou ao continente entre 20 e 10 mil anos atrás, mas achados recentes no Piauí, mais precisamente no Parque Nacional Serra da Capivara, feitas pela arqueóloga Niède Guidon sugerem que o continente já era habitado entre 40 e 30 mil anos atrás.

 Por: Vinicius CabralHistória Zine  (em 12 de agosto de 2010)

Fontes:

newscientist

nature

público.pt


          
         


About superneandertal

Irmão mais velho do neandertal, mais novo do homo-sensibilis.
This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s